Pentagon – O método e-learning da Vide Corporate

O Pentagon é uma metodologia de desenvolvimento de e-learning desenvolvida pela Vide Corporate. Ele é formado por cinco princípios fundamentais que permitem desenvolver um curso eficaz e estimulante.

  1. Conteúdo: A definição do conteúdo do curso é o primeiro fator crítico de sucesso. Deve ser escolhido criteriosamente. No e-learning a atenção do aluno é um bem escasso e não pode ser desperdiçada. Por isso, só deve ser colocado no curso o que é importante para o aprendizado e esse conteúdo tem que estar estruturado na ordem correta para a construção do efetiva do conhecimento.
  2. Animação: Um bom e-learning tem efeitos visuais atraentes. As pessoas aprendem de diferentes formas por diferentes sentidos. Dessa forma, é essencial que ao ouvir a aula o aluno seja estimulado visualmente com informação convergente ao que ele está ouvindo. Isso mantém a atenção e ajuda na fixação do aprendizado.
  3. Contextualização: Uso de exemplos e casos que façam parte do dia-a-dia do aluno e do seu repertório intelectual. O uso de exemplos e storytelling torna a exposição mais impactante e fácil de ser lembrada. Quando esses casos têm conexão direta com a realidade do aluno, aumentam-se as chances de incorporação do conhecimento à sua rotina.
  4. Interação: É o princípio da criação de atividades nas quais os alunos praticam, são ouvidos e recebem feedback. As pessoas aprendem muito mais quando se tornam ativas no processo de aprendizagem. Um bom e-learning proporciona a participação do aluno em interação com a máquina e/ou com outros alunos e professores.
  5. Aplicação:  A efetividade de um treinamento é reforçada pela estruturação de projetos e rotinas nos quais os conceitos aprendidos transformam o modo de planejar e executar. É nesse momento que ocorre a consolidação do aprendizado em nível mais profundo.

É importante entendermos que fazer e-learning de qualidade está a anos-luz de distância de “empacotar” um curso presencial em mídia eletrônica. Há um desafio didático e uma busca pela atenção do aluno em uma época na qual as pessoas estão o tempo inteiro conectadas ao WhatsApp, Facebook e outros. Conteúdo e forma, cada vez, mais precisam ser irresistíveis para seduzir o aluno e convencê-lo a se entregar a essa empreitada de aprendizado.

Para onde vamos agora?

Como definir o conteúdo? Como planejar as animações? Até onde vai a contextualização? Quanta interação é necessária? Como estruturar a aplicação em um projeto empolgante?

Nos artigos seguintes vamos detalhar cada um desses fatores críticos de sucesso de um e-learning bem feito. A observação desses ingredientes será fundamental para a criação de um curso que os alunos se motivem a fazer e aprendam de verdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *